sábado

Caravana da Globo

Fotógrafo: Fabio Cuttica. Favela Ribeira Azul. Salvador Bahia.

Bolsa miséria não: queremos emprego!


É provável que tenha sido frustrante para a Caravana da TV Globo a resposta espontânea de um homem do campo no interior da Bahia. Indagado sobre seu desejo no resultado das eleições, respondeu de pronto que esperava do futuro governo a criação de empregos, que era o maior problema da sua região. Ele foi bem claro. Pediu emprego e não esmola, talvez numa alusão contrária à opção oferecida pelo atual governo, de programas meramente assistencialistas. Pelo visto e ouvido nas cenas de entrevistas de modo geral, a reivindicação por emprego pareceu ser a maior vontade do povo. Essas entrevistas têm o mérito de aferir o sentimento comum.

5 comentários:

O Sibarita disse...

Caro Iran, taí gostei do seu comentário, mas, o ACM não apregoa que foi ele quem instituiu a bolsa familia no governo FHC? O Lula só fez dar continuidade, o Alkimin não anda dizendo que vai, se eleito for, aumentar o número de pessoas para a bolsa familia? Agora, com toda sinceridade concordo com você o povo precisa de trabalho, tá vendo, quando somos sensatos no que escrevemos ou no que dizemos mesmo pessoas como eu que discorda de algumas coisas postas aqui, reconhece e valoriza quando é postado textos sem paixões e nesse caso eu lhe parabenizo!

Essa foto que você colocou que é das palafitas ou maré é onde eu nasci e me criei e nem por isso virei marginal. Obrigado, apareça lá no nosso blog leia a poesia ALAGADOS, divergências momentâneas à parte, a net nasceu para se fazer amigos. Valeu!

Abraços,
O Sibarita

Helena de Tróia disse...

Obrigada pelas visitas no Arte Incomum. Os sábados ficam mais sábados com a visita agradável as minhas histórias...Beijos

Nido disse...

Quando vejo uma cena dessas de favelas, que não é só na Bahia, é uma realidade de todo o País, todas as retóricas políticas de de falsas promessas caem por terra. Como falar em crescimento econômico? Agenda positiva? Maior índice de empregos nunca visto. A prova está aí.Quem disse que o Brasil não é um País "sério", tinha lá suas razões. A prova está aí.

urgente disse...

O PT acaba de elaborar um documento em que pede uma "mudança nas leis para assegurar mais equilíbrio na cobertura da mídia eletrônica". Muita gente está alarmada com o documento. O temor é que, num segundo mandato, os lulistas atropelem as leis para tentar aumentar seu controle sobre a imprensa. O fato é que isso já aconteceu pelo menos uma vez neste mandato, quando a turma de Luiz Gushiken tomou de assalto o iG. O documento do PT fala em oferecer "incentivos econômicos para jornais e revistas independentes". Independente, para o PT, é José Dirceu. É Franklin Martins. É Paulo Henrique Amorim. É Mino Carta.Só falta o Luis Nassif. Essa é a turma que, segundo o PT, precisa de incentivos econômicos do Estado. Carta Capital sempre atacou Daniel Dantas. Acaba de ser recompensada por um acordo com o iG. De quanto? Eu quero saber.

http://foralula.lpchat.com/content/view/113/2/

Mestre disse...

Maninho
O blog tá uma odara.
Parabéns.